Publicado em Atendimento Socioeducativo, Ato Infracional, Brasil, Modelo Pedagógico Terapêutico Amigoniano, Opção Talento

FORMAÇÃO E TREINAMENTO DE PROFISSIONAIS PARA O ATENDIMENTO DE ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE CONFLITO COM A LEI, CONSUMIDORES DE SUBSTANCIAS PSICOATIVAS E EM SITUAÇÃO DE RISCO E DE VULNERAÇÃO

A motivação da criar propostas e alternativas às problemáticas sociais por parte da Opção Talento, nasceram da experiência e treinamento no atendimento socioeducativo.

 

https://elkinpaezch.wordpress.com/2011/01/25/relatorio-institucional-cesami-2010-projeto-politico-pedagogico-institucional/

https://elkinpaezch.wordpress.com/2011/11/07/formacao-e-treinamento-de-profissionais-para-o-atendimento-de-adolescentes-em-situacao-de-conflito-com-a-lei-consumidores-de-substancias-psicoativas-e-em-situacao-de-risco-e-de-vulneracao/

 

Artigo Completo

Formação de Profissionais para o atendimento de adolescentes em conflito com a Lei e em situação de risco e vulnerabilidade

FORMAÇÃO E TREINAMENTO DE PROFISSIONAIS PARA O ATENDIMENTO DE ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE CONFLITO COM A LEI, CONSUMIDORES DE SUBSTANCIAS PSICOATIVAS E EM SITUAÇÃO DE RISCO E DE VULNERAÇÃO

Elkin Páez Chingal

Outubro de 2011

1.   INTRODUÇÃO

Dar a conhecer e validar uma experiência de trabalho exige constância e dedicação, porém, e especialmente, compromisso com aquilo que se acredita, dessa forma, não somente se pode transmitir um conhecimento, se pode formar uma equipe de trabalho capaz de desenvolver inclusive, aquilo que pode parecer impossível.

É possível abordar e intervir com sucesso a complexa problemática individual, familiar, social e governamental que representa o atendimento de adolescentes em conflito com a lei, ou que se encontram em situação de risco e vulneração por problemáticas de consumo de substâncias psicoativas “crack”, criminalidade, entre outras?.

É possível formar e treinar uma equipe de trabalho que desenvolva o trabalho de atendimento a esta população com compromisso, qualidade, quebrando os paradigmas do medo, violência, rejeição e indiferença, e abordando com profissionalismo as diferentes problemáticas que este tipo de atendimento representa?.

É possível estabelecer um compromisso e parceira com o Governo e o Terceiro Setor, representado por entidades com experiência e que podem aportar e dar respostas em todos os níveis à complexidade da problemática, obtendo e disponibilizando os recursos que esta empreitada requer?.

Responder estas perguntas serve como ponto de partida e interesse principal deste artigo, dar a conhecer e validar a experiência pessoal, de toda uma equipe de trabalho e institucional das entidades para as quais eu trabalho, Pastoral Amigoniana de Ação Social –PAAS-[1] e Congregação dos Religiosos Terciários Capuchinhos Província de São José[2] e que vêm desenvolvendo um processo de capacitação e formação de profissionais e funcionários na área do atendimento à adolescentes em situação de conflito com a lei em vários Estados do Brasil acontecida nos períodos de 2001, novembro do 2003 ao 2006 e o período de 2010 ao 2016.

 

Anúncios

Autor:

EMPREENDIMENTO COM VISÃO HUMANA, SOCIAL, EMPRESARIAL, PRODUTIVA E SUSTENTÁVEL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s